Performancing Metrics

BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Mulher! Sei que sou a última pétala da tua flor...


Mulher! És Febe deusa da lua, diva de mistérios e segredos.
Mulher bela com os seios nus, voando pelo céu e levando numa das mãos um cântaro de prata.
Anseio pelo dia que possa contigo voar pelo firmamento. Beijar teus lábios entre o brilho da lua histérica repleta de fascinação, que risca o céu, desvirginando as madrugadas.
Mulher! Nunca percebi muito bem o porquê dos teus números ímpares, se o teu nome é par.
Tudo em ti é impar. Único e indivisível.
De duas belas e sublimes flores que te entreguei escolheste apenas uma.
Um Malmequer. Começaste de forma ronceira o jogo cândido de o desfolhar na minha frente. Mal me quer. Bem me quer. Mal me quer.
Eu sorvia cada uma das tuas palavras tornadas pétalas e permanecia expectante pelo teu desfecho.
Aliás o meu desfecho em ti. Mas tu não me permitiste entender.
Mal me quer foi, certamente, a última das pétalas que arrancaste.
Eu fui, sem dúvida, a última pétala que arrebataste.


2008

5 comentários:

Susana disse...

Simplesmente fantástico...Como me senti orgulhosa por ser mulher!

Foi o texto mais lindo que eu li nos últimos tempos.

Parabens ADOREI

Beijinho

Malu disse...

Que belíssima declaração às mulheres.
Tão perfumadas palavras.
Lendo este texto toda mulher se sentirá uma DEUSA.
Obrigada
Um grande abraço

Sophia disse...

Eu ja´me sinto insuportável, arrogante, sarcástico, impossível, impulsiva, uixxx tenho me sentido a pior pessoa nos últimos tempos. Ninguém me venha dizer que crescer é fácil, que este é dos piores momentos do meu crescimento... Começamos a perder pessoas, a ficar cada vez menos, e quando a monotonia e os pensamentos nos batem à porta, é sei lá, não gosto...

Rosy disse...

Boa noite :D
Que belo cantico á mulher!!
:)
beijinhos, Rosy

Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.