BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

E viveram felizes para sempre?


O dia nasceu soalheiro. Alguns raios de sol penetravam pela janela enquanto me barbeava e ensaiava com dificuldade o difícil despertar.
O frenesim de todas as manhãs, sempre.
A custo de algumas gotas de suor consegui vir até à capital, no comboio que parte impreterivelmente sempre à hora cera.
Lugares vagos, bastantes, pelo que escolhi um junto da janela.
Duas jovens entram na estação seguinte e com grande alarido despertaram-me da letargia dos sete minutos que separam as duas estações.
Embora atoladas de cadernos e folhas rabiscadas com fórmulas matemáticas, a conversa e o riso estonteante, estonteava-me a mim que ainda não tinha despertado na íntegra para o mundo.
O tema, as frequências em escala menor, os namoros em proporção inversa às frequências.
Falavam do Júlio em tom estridente, da Catarina e do Miguel de forma um pouco diferente, mais em surdina.
- E tu?
- Eu, o quê?
- Como está o teu príncipe encantado? Já o descobriste?
- Não acredito nessa cena… Tu, acreditas?
- Mais ou menos…
Claro que enquanto iam trocando impressões as unhas pintadas de vermelho carcomido amassavam as teclas dos telemóveis com tamanha rapidez e destreza que me fizeram sentir inválido e que os meus dedos devem estar completamente tolhidos por artrite.
Ao fim de dois minutos, levantei voo e passei a escuta-las muito ao longe.
Príncipes e princesas encantadas…
Existirão? Na minha humilde opinião, não!
Para mim o que existe são encontros e desencontros. Podemos de facto em algum desses momentos da nossa vida encontrar alguém com quem partilhamos interesses, e com quem existe uma afinidade muito forte, esse é o nosso par ideal nesse preciso momento. Não será?
Dos contos de fadas e histórias de amor eterno para a vida real, eles, … não vivem felizes para sempre.
A vida como o amor é uma provocação constante. Uma circuncisão da alma muitas vezes despida e cheia de tristes fados é que se silenciam as palavras. Abrem-se feridas como golpes de espada.
Muitas pessoas com quem falo, não acredita que o amor corta, consome, marca profundamente.
Quantas vezes a mutação da paixão assoberbada para o amor companheiro, faz extinguir a chama e a luz apaga fazendo com que na escuridão surjam sombras que envolvem um ser que se cala.
O sonho pode cair por terra pelo facto de se descobrir que, afinal, existem muitas perguntas sem resposta o outro não era o que aparentava ser, ou não passou de uma projecção de desejos.
Quem perde? Quem fica? Quem sente? Quem sabe?
São questões que levamos na bagagem, quando se parte para outra, mas em que as memórias permanecem em nostalgias passadas como finitos sorrisos em passados recentes.
Finitos sorrisos em passados recentes.
Quando alguém diz adeus e parte, a saudade marca o percurso, numa direcção que iremos percorrer. Iremos caminhar, sem olhar para trás, sem pronunciar o nosso nome.
O amor é feito de intimidade, compromisso e amizade.
De amor em desamor, de encanto em desencanto, a verdade é que a procura do verdadeiro amor, do homem e da mulher ideal, nunca expira.
É como nascermos anónimos e incógnito morrermos.
Segredo bem guardado, o sonho de encontrar a princesa ou o príncipe encantado continua sempre presente. Todavia surgem folhas secas que se amarrotam com o tempo e o medo da solidão faz-nos galgar para a última página do livro, para o epílogo do conceito de amor.
Numa hora que tarda, mas que sempre chega, numa triste dor que se sente no peito, o mais racional é não tentarmos encontrar ninguém encantado, mas sim, alguém encantador, que nos encante e nos deixe encantados até que o encantamento se dissipe em lágrimas de desilusão e dor, que comprovam, que não é para sempre...
E viveram felizes para sempre?

Nota: O último parágrafo em itálico é uma contribuição da Lita do blog (Por uma lágrima tua)
http://soporumalagrimatua.blogspot.com/
Obrigado pelo enrrequecimento ao texto.

19 comentários:

Lita disse...

..." o mais racional é não tentarmos encontrar ninguém encantado, mas sim, alguém encantador, que nos encante e nos deixe encantados até que o encantamento se dissipe em lágrimas de frustração..."
Não podia ser mais verdade, apenas adaptaria ainda mais a mim, e diria... "lágrimas de desilusão e dor, que comprovam, que não é para sempre...
Um beijo
Lita

Lita disse...

P.s.:
Irei com todo o gosto participar neste desafio,
Um beijo
Lita

Lita disse...

Sonhador,
será uma honra, sério!
Obrigado!
Teu texto está divinamente, perfeito! Adorei! Apenas revi o "meu conto de fadas", e lhe adaptei o meu final!
Verti-lhe uma lágrima do meu fado, enquanto tu deste som ao meu silêncio, com os acordes da tua nostálgica viola!
Muito obrigado
Um beijo
Lita

Rosy disse...

Olá.. Obrigada por estes desafios..
fiquei contente por se lembrar de mim! (Um aparte, essa sua foto do cão, ai dá mesmo vontade de lhe dar festinhas, é mesmo fufinho! Infelizmente nao tenho animais de estimação em casa!)
Quanto aos principes e princezas na minha opinião não existem, e muito menos o viveram felizes para sempre!
Há sempre obstáculos que se metem na nossa vida, mesmo nas boas relações, e mesmo esse lado negativo faz-nos ver as coisas de outra forma depois, unir mais até!
É algo natural, andamos sempre em ciclos!
Quanto á pessoa que idealizamos e andamos á busca, ou como queiram, a nossa cara-metade, para mim não é aquela em que só nos sentimos apaixonados, mas que se transforma em amor verdadeiro, que permanece em nós independentemente se estamos com ela ou nao, depois de já a conhecermos e termos experienciado e partilhado momentos! Em que para nós se torna Perfeita, apesar de sabermos os seus defeitos! Aquela em que quando estamos juntos e existe intimidade nao necessariamente fisica, mas no dialogo! Aquela pessoa em que parece perdermos a noçao do tempo e em que existe uma grande empatia.
Pronto é só! Espero ter respondido ao desafio correctamente! Veio mesmo a calhar este desafio, estamos mesmo a chegar ao dia de S. Valentim!
Uma boa Continuação,
Beijinho

Dduplo disse...

Li bastante coisas nesse blog, para então escrever o que achei. Vamos lá: Trata-se de um lugar belíssimo para retratar temas igualmente lindos, mágicos e com muita utopia. Acredito que o dono desse blog ainda acredite em um mundo melhor, mesmo que seja bem complicado viver em um, mesmo até que nem exista. Eu me senti em casa, lendo cada textinho desse canto. Depois fui ver que se tratava de um pisciano e entendi tudo, toda leveza, toda alma. Enfim, belíssimo blog.

Margarida de Almeida Tavares disse...

O teu blog está carregado de perfume poético que desperta os sentidos de sonhos (…)…nas reticências jazem palavras e pensamentos que n revelo…
"O amor é uma busca constante que nos move..só assim faz sentido a vida"

Menina do cantinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angel in the dark disse...

Respostas ao desafio:
cor: verde (de esperança)
Banda musical: Fink Floyd (ou Queen)
Escritor preferido - Fernando Pessoa
Livro preferido - Mensagem de Fernando Pessoa(estou a arriscar)
Astro preferido - terra
Principal característica - sonhador
Não sei se é através deste meio que se encaminham as respostas, mas aqui vai.
Mas tarde tecerei um comentário ao "viveram felizes para sempre"

Moonlight disse...

Olá,

Vim aqui conhecer o seu blog atravéz da minha amiga Lita e realmente o que por aqui se lê é deveras interessante.
Tenho pena que de momento não tenha muito tempo para poder usufruir um pouco mais dos seus textos mas se me premitir voltarei aqui outro dia,com muito gosto.
Adorei o texto!
E sou da opinião que realmente princesas e principes só nos contos de fadas....pena....mas a vida real é bem mais diferente!

Bj com luar...voltarei

catwoman disse...

É verdade que o encantador de ontem, pode ser o pesadelo de hoje.Enfim, para mim a realidade é que neste mundo cada vez mais individualista as pessoas tem cada vez menos disponibilidade para o outro. E já não é só de amor e paixão que falo, mas de outros sentimentos, nada tem que ser eterno mas o diálogo é essencial, para que o eterno se torne finito com menos mágoa, menos dor, menos lágrimas.
Mas falemos antes do teu desafio, não vou acertar uma, mas pelo menos tento.
1. cor favorita, o azul, como o céu e o mar.
2. banda, ainda não te conheço o suficiente por isso arrisco os Pink Floyd
3.Esta e a 4. não arrisco.
5. A lua, como bom pisciano, se não for tens que ser riscado do melhor signo do zodíaco :)
5. pela mesma razão, um humanista(deverendo ser entendido, como um homem do mundo, que estando aqui se preocupa com o que está mais além), com tendência para a meditação, um bom amigo.(tentei compensar a 3 e a 4).
Bem já sei que não ganhei, mas esta sou eu:posso não conseguir mas isso não me vai impedir de tentar.
Beijinho.

Angel in the dark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cirrus disse...

Um lindo texto, sem qualquer dúvida. Lindo. Mesmo.

Quanto às respostas, deixo-te aqui os meus palpites:

A tua cor preferida é o negro, não por ser uma cor, mas pelo que representa para ti.
Mas não arrisco quanto a escritor preferido, uma vez que quanto ao teu gosto literário, por ser desatento, ainda não consegui perceber. Sei que preferes a poesia. Mas eu prefiro a prosa e por esse motivo não posso arriscar, os meus conhecimentos poéticos são rudimentares. Se fosse eu, saberia bem dizer Dostoievski, e não sei se gostas, mas com toda a certeza gostas se conheces a sua obra, da qual Os Irmãos Karamazov fazem parte e podia ser perfeitamente a tua escolha, se bem que te associo sempre com a figura de Raskolnikov, no Crime e Castigo, e não sei bem porquê... Mas isto sou eu a divagar.
O teu astro preferido só pode ser a Lua, porque só ela tem um lado oculto. É o meu preferido.
O sentimento que mais associo à tua escrita é a melancolia.

Quanto à banda de sempre, é e será sempre a única que é de sempre e será de sempre para sempre. E nunca mais a veremos. Talvez apenas na Face Oculta da Lua.

Sonhadoremfulltime disse...

Quero pedir desculpa por estar ausente dos vossos espaços, mas o falecimento de um familiar, retirou-me tempo e disposição. Adradeço os vossos comentários repletos de carinho e simpatia e continuem a concorrer, pois existem já respostas muito significativas.
Claro que o vencedor será quem acertar na maioria, pois tenho consciência de que uma ou outra questão, é complicada.
No entanto e como referi... estão no bom caminho e se apreciam o "amor" o prémio vale bem a pena, não me refiro aos meus textos que integram a colectânea, mas tem poemas lindissímos.

A todos o meu obrigado

Luz disse...

Querido Sonhadoremfulltime,
Em primeiro lugar quero dizer que sinto pela perda e, que imagino apesar da situação em que se encontrava que custa sempre e, neste momento o teu apoio é muito importante. Sabes bem o quanto sou solidária com os outros e, com a dor que assola qualquer um. Por isso, sabes, conta sempre comigo, a minha Amizade é algo inquestionável, sabe-lo.

Agora o teu desafio irei responder não para ganhar o livro, pois já me o ofereceste, mas quem sabe até consigo acertar nas respostas...
O texto tem pano para mangas e ambos o sabemos, afinal tanto tema de conversa, mas acredito que sabemos a a resposta por muito que possa ser dito.

Tenho andado um pouco "ausente", tu sabes, e os teus textos têm tocado muito esta alma de luz que conheces, mas não os esqueci e tenho alguns comentários em rascunho.

Também quero dizer-te que se num dia me sinto nas nuvens, logo no seguinte perco o chão e, lá voltam as mesmas questões, a tristeza invade-me o coração e, pergunto-me porquê? Será que continua a haver necessidade disso?
Pois é, parece sim..., ou será que tem de ser assim..., não sei e, há momentos em que prefiro nem saber...

Dá toda a força a quem neste momento mais precisa, porque apesar do longo processo de sofrimento a que assistiu, precisa e, deve senti-la ao seu lado.

Recebe um beijo de Luz :(

Su disse...

Há um miminho no Fio de Silêncio...
Gostei deste texto, aliás como gosto da maioria dos seus textos. Revejo um pouco a minha visão do amor nas suas palavras: acredito em compatibilidades (também na amizade). Há pessoas não compatíveis, pouco compatíveis, suficientemente compatíveis, muito compatíveis...
A compatibilidade a 100%, seria com os tais seres encantados, príncipe ou princesa, se eles existissem. Como não creio nisso, penso que encontramos na vida poucas pessoas com várias compatibilidades connosco, pelas quais nos podemos apaixonar, dependendo das circuntâncias desses encontros. O que não quer dizer que as compatibilidades sejam as mesmas com cada uma destas pessoas. Ou que não seja necessário trabalhar algumas incompatibilidades. Nem tão pouco que as compatibilidades sejam vitalícias, sendo que há nuances das nossas personalidades que se alteram ao longo da caminhada.
Divaguei. Não costumo fazer comentários tão extensos. Mas o meu raciocínio era tão compatível com o texto... :)
As tentativas de respostas ao desafio ficam para amanha...
Um beijinho!
Susana

Rita disse...

Adorei o texto. Magnífico... simplesmemte.

Continue a deliciar os seus leitores.
É fabuloso.

Beijo,

Rita

catwoman disse...

Passei, vi que estás triste, só para te dizer que lamento, sei o que é perder alguém que nos é querido.
bj.

Lita disse...

Sonhador,

O prometido é devido...
Ando sem tempo nenhum, infelizmente o tempo não anda a meu favor, mas com muito gosto ,participo, tal como já o tinha dito:

1 – Qual a minha cor favorita? - Azul

2 – Qual a minha banda musical de sempre? - The Queen

3 – Escritor preferido? - Florbela Espanca

4 – Livro preferido? Livro do Desassossego Fernando Pessoa

...."Só o que sonhamos é o que verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertence ao mundo e a toda a gente"....

5 – Astro preferido? - A lua

6 - Principal característica que me atribui? - Acreditar no sonho

Espero, andar pelo menos lá perto...
Do mais... mais dificil, foi o escritor! e respondo com muita dúvida!
Mas foi muito interessante, gostei muito!
Um beijo
Lita

Rosy disse...

Ola... obrigada por aparecer no meu espaço,..
Tou a ver que este desafio esta no bom caminho!
Quero-lhe desde ja dar os meus sentimentos... pela sua perda, e força! Sei que as palavras nestes momentos são inuteis, pois so quem passa por essas situaçoes é que sabe realmente o que sente.. nao há descriçoes possiveis..
Deixo-lhe um abraço forte e que consiga continuar sempre a sonhar e a pintar tons de verde esperança em sua vida!
Um beijinho da sua amiga,
Rosy