BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O sorriso da lágrima


Sabes?
Hoje foi um dia difícil. Agora já noite sinto, no fundo da garganta, aquele arranhar, aquela vontade de chorar.
Foi um dia que não me lembro de ter há muito tempo. Ou será o inverso?
Quero chorar de raiva, de solidão, de amargura e de alívio. Não me lembro de me sentir tão só há tanto tempo. Quero chorar para tentar aliviar o coração, para tentar arrefecer todas as ilusões de amores e contos de fadas que cá dentro, ainda se acalentam e vivem da minha personalidade sonhadora.
Quero deitar-me na cama, agarrar a almofada e contar-lhe sonhos enquanto ela segura as minhas lágrimas que teimam em sair. Enquanto ela me sussurra canções de embalar como quando era menino, enquanto me ampara no seu regaço. Quero mostrar-lhe o quão salgado está o meu coração.
Mas não o vou fazer. Não vou carregar a minha almofada com lágrimas que me adormecem e não vou deixá-la cantar as músicas que me embalam na solidão. Não deixá-la tomar em si, os meus problemas e hoje vou tentar não dormir encolhida no meu mundo. Hoje vou deixar a minha mente vaguear, vou deixar o meu coração sorrir e não vou ter medo de acordar.

Hoje, mas só hoje, vou sorrir à lágrima.

5 comentários:

Cirrus disse...

São sentimento que não posso nem devo comentar. Mas fica bem.

Rosy disse...

Boa Noite:)

Não tem que realmente agradecer minhas palavras e assiduidade nos seus espaços, pois o faço com todo o prazer também. Faz-me sentir bem ler e escrever aquilo que sinto.
e tambem gosto muito do que encontro em suas palavras.
A idade não importa, mas sim a essencia de cada um...
pois, acredito que ate mesmo voce quando tinha a minha idade já tinha alguma paixao pela escrita, apesar de nao ser tao experiente!(Penso que foi isso que o levou ao desejo de publicar um livro seu!)
E se assim foi, ainda bem... pois parece-me ser tambem de uma alma nobre, simples e lutadora, capaz de ir ao além em busca de seus sonhos. Espero nao estar errada!
E consegue assim transmitir isso a outros.
Nao deixe essa frustaçao o possuir..
e por outro lado, eu que sou filha de "um Pai" que nao o sabe se-lo, tambem sinto essa mesma frustaçao de nao ter tido um PAI realmente.
Obrigada de coraçao, pelo texto..
conseguiu me emocionar..
beijinhos

marta marques disse...

só hoje vi este texto...e senti algo muito semalhante neste mesmo dia....ainda estou dormente...mas pouco a pouco a vida regressa...certo??¿

continuando assim... disse...

:) hoje foi só um dia que antecede o amanhã :)

marta marques disse...

sorrir à lagrima... p r e c i o s o ...
quanto mais te leio mais vivo... leio-me em cada palavra...