BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 29 de março de 2010

Dias vestidos de noite


Apesar de, persistirem muitas nuvens no sótão da minha alma, relâmpagos no lugar do coração, quero dobrar o cabo das minhas tormentas, fechar a cadeado fobias e medos.

No entanto, sempre que rosna o trovão, ainda escondo a minha cabeça, amedrontado com a luminosidade do clarão. Tanta luz cega-me.

Quero enfrentar de frente as superstições guilhotinadas no meu peito. Travo batalhas sangrentas contra as dúvidas que me assolam e me turvam o pensamento.

O cansaço está a tolher-me o corpo. Já sobra noite no luar da minha vida.

Já é tempo do alvor despertar, e me trazer a luz da certeza, porque faltam estrelas no céu da minha ilusão.

Não se vislumbram tréguas no duelo que venho travando entre mim.

Muitos sonhos desfeitos e sem guarida, trouxeram os dias vestidos de noite.

A chuva feita de inverno volta a cair, e o vento volta a fatigar-me em açoites anímicos, provocatórios.

Mesmo aluído pelo vento, trago o desânimo no rosto, a fadiga no corpo, as lágrimas nos olhos.

Chove a cântaros na minha pobre alma ferida e esburacada pela apatia do amor.


10 comentários:

Ana Isabel disse...

..já sobra noite no luar da minha vida..

..faltam estrelas no céu da minha ilusão..

Lindas estas imagens!

Já experimentaste caminhar descalço, numa praia deserta ao entardecer?

Fica bem e uma boa semana para ti.

"..uma andorinha não faz a Primavera"..

Sonhadora disse...

Meu amigo
Belo texto como sempre, gosto de ler-te.

Beijinhos
Sonhadora

elisa disse...

... como se andasses num limiar perigoso dentro de ti mesmo.São tempos de grandes provas, estes, que nos incitam a ver de perto a nosssa própria substância. Gosto das tuas palavras.

Angel in the dark disse...

Anima-te homem!
Não vale a pena viver assim, a vida são dois dias, eum já passou...

Malu disse...

Olá, Sonhador!

Vejo que apesar de todas as tormentas fazes esforço enorme para viver dias felizes.

Isso é um bom começo.

Beijinhos

Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lita disse...

Olá,
á algum tempo que não "falavamos", ainda nem tinha respondido ao comentário que me deixaste e que te agradeço tanto!
Tontos marcianos, que somos não é? Reconfortou-me muito ler o teu comentário, e senti compreensão, se calhar doi sermos diferentes...mas não há outro jeito, porque se deixarmos de ser nós, que raio nos resta mais...não achas?
Mas li os teus posts recentes,lindos como sempre, divinos diria mesmo, mas senti, tristeza, cansaço, desilusão, mágoa, incertezas...
Como eu não estarás num bom momento, por isso te digo, coragem, agarra-te a algo bom e abre um sorriso, e mesmo que te caia uma lágrima, que ela te lave a alma, para que te renoves e te sintas feliz, pois mesmo num inverno rigoroso, á sempre uma fenda de luz que nos alenta a esperança, agarra-te!!
um beijo
Lita

Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Menina do cantinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
catwoman disse...

é difícil enfrentar a rua, a luz quando permanecemos tanto tempo encerrados em nós, quando permanecemos tanto tempo parados na espera, não saímos à procura do melhor, do diferente, o medo de não conseguirmos é mais forte que nós. Mas temos que acreditar, essencialmente em nós e amar-mo-nos.
Beijinho.