BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 26 de março de 2010

O amor num simples Adeus

Uma espécie de poema
Uma mágoa sem fim
Um adeus do que vivi
Um simples caminho
Escolhido por ti!


Nada é perfeito. Nem Ele. Como poderíamos nós, sê-lo?




Cerrei os olhos ao mundo para não ver

escorrer a tua imagem na portada dos meus sonhos,

e encontrar-te apenas no musgo frio dos muros sombrios.

Escuto cego, o murmúrio do vento,

que leva o meu coração em desalinho para parte incerta.

Sinto aquela voz que me dilacera em segredo,

a voz que estala nas pedras do caminho,

como se tocasse o sol com a ponta dos dedos.

Pois saberás não existir despedida.

No passado, hoje e sempre, estarei a teu lado.

Invisível como um sopro, um arrepio que sentirás no corpo e na alma.

Neste espaço intemporal irei morar em ti para te proteger, com as minhas asas, da inflexão do Homem.

O amor é uma realidade, imaginada nas profundezas do nosso coração.

Um sentimento que começa e acaba em nós.

Hoje risquei o céu, quando a minha voz gritou por ti até ao esgotamento.

Enjeitaste atender a minha dor como uma reza feita numa capela com telhados de zinco, podre e abandonada.

Hoje, uma vez mais seguiste o trilho da tua escolha, eu à espera, como a coar o choro dos anjos perdidos, a quem um dia me hei-de juntar.

Agora, sei bem qual o lugar onde pertenço no canto escondido do teu coração.

E, apenas quero que a vida chegue até mim filtrada na peneira dos teus poros.

Não quero mais desejos conquistados.

Oculto, permanecerei no embalo agitado do teu sono.

Estático, ficarei a teu lado a observar,  tal como um anjo, que tem saudades de te amar.


26-03-2010

7 comentários:

Su disse...

Tenho permanecido muda na falta de jeito de escolher palavras compatíveis com tamanho sofrimento que tens revelado.
Na mesma falta de jeito rompo hoje esse silêncio só para que saibas que continuo a ler as tuas amarguradas e, contudo, belas palavras... em silêncio.
Um beijinho!
Susana

Sonhadora disse...

Meu querido
O teu silêncio...
Deixo-te o meu carinho e um beijinho.
E também um ombro.

Sonhadora

Malu disse...

Como gostaria de ajudar-te, meu amigo!

Gostaria de dar-te um pouco de sol para que pudesses seguir sem tantas dores.

Respeito o teu sentir e coloco-me a teu lado como um anjo a velar teus passos, como dizes em tuas palavras...

Entristece, também a mim, ver-te sofrer...

Beijinhos de um amanhã melhor

Angel in the dark disse...

Será que um caminho se percorre sozinho?... A resposta está em ti procura-a!...

catwoman disse...

Uma dor assim já a senti, mas não tenho a tua capacidade de permanecer, de ser anjo, de continuar a amar. Doeu demais, as palavras, as acções, particularmente as palavras e essencialmente a falta delas. As tuas palavras são lindas, o teu amor também, mas não deixes que ele te esgote, que te faça perder essa capacidade tão grande que tens, de amar.
Beijinho.

sonho disse...

Boa noite!
O amor é...Um sentimento que começa e acaba em nós...nem sabemos como ele começa...e doi tanto quando permanece sem ser correspondido...
Beijo d'anjo

Ana Isabel disse...

..as cores do arco-íris..


Atreve-te a olhar!


Abraço daqui

Ana